Serotonina? Procure no intestino…

Você sabia que:

95% da Serotonina é produzida no intestino e que o Cérebro produz apenas 5%.???

É por isso, que actualmente, nos referimos ao intestino como sendo o segundo cérebro.
Se uma pessoa estiver stressada; Se tiver o cortisol elevado, Se o cortisol interfere na sua microbiota intestinal e se deixa de produzir serotonina…

Inevitavelmente, essa pessoa entra em depressão! O stress leva à depressão e tomar anti-depressivos, não vai reparar o intestino (pelo contrário).

Então, parafraseando o grande cardiologista e nutricionista “Dr. Lair Ribeiro”:

Pensemos juntos:…
– Porque é que os médicos teimam em receitar anti-depressivos para aumentar os níveis de serotonina?
– Porque é que o foco da maioria dos terapeutas, se concentra em produzir serotonina no cérebro dos pacientes?
– Vão à fonte! Procurem perceber se o paciente tem problemas intestinais!

Quando você repara a microbiota intestinal… você resolve quase tudo. E, esse é que deve de ser o foco, tanto o seu (terapeuta ou médico) como o do seu paciente.

Nós temos mais bactérias intestinais no trato digestivo do que células no corpo inteiro.

Temos bactérias positivas, neutras e negativas. Quando predominam as bactérias positivas, nós temos saúde. A saúde começa no intestino, isso é um dado adquirido.

Todas as alergias que se conhecem e para as quais se fazem imensos testes e são criadas imensas vacinas, isso é apenas paliativo. Basta verificar o intestino e repará-lo.
– Resolve quase tudo: asma crónica, bronquites, dermatites, etc… porque tudo isso vem do intestino.

Quando você sentir ou lhe disserem que está com os níveis de serotonina em baixo, antes de qualquer outra coisa, verifique como anda o seu intestino.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!