O mapa pode ser fantasia…

Quando tu dás tudo que há em ti, levado pelo entusiasmo de uma nova perspectiva.

Levado por uma onda de esperança em algo que finalmente apareceu, quando já nem acreditavas.

E ficas com aquele sentimento de que afinal, sempre é possível.

Tu entras no embalo e ganhas ainda mais balanço e ergues-te até acima do que consegues.

E tu passas até a acreditar que a vida pode ser melhor.

Um pouco mais próximo daquilo que desejas, daquilo que se aproxima mais de quem és e como és…

Tu sentes por algum tempo, aquela chama que se acende dentro de ti.

E te faz bem e te sabe bem e te revigora, regenera.

Tu sentes-te até capaz de voar, e levantas voo.

O problema… é: quando, nesse voo, tu olhas em busca desse novo território plano, neutro e limpo, aparentemente ideal para aterrar, e percebes que afinal foi ilusão…

O terreno é o mesmo, igual a tantos outros…

o mapa que te deram é que era fantasia!!!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!