Energias de Cura Quântica

Ressonância, Força de Vida, e os Princípios da Cura Quântica.

Debaixo da superfície da nossa consciência, encontra-se um vasto mundo de vibrações. Tal como a superfície de um lago está cheia de vibrações com os besouros nadando por cima da água, muitas vezes não vemos “reinos” que existem, logo abaixo da linha de água da nossa percepção imediata.

 Ressonância

Há realmente um mistério e uma maravilha na função aparentemente simples da ressonância. Desde o que se passa no espaço das galáxias, aos fenómenos que acontecem com as partículas subatómicas, e até nas relações entre todas as pessoas, é qualquer coisa de incrível poder aperceber-se da dança das partículas invisíveis e do seu poder inacreditável.

Sempre que houver osciladores com a mesma forma sintonizada, eles formam aquilo a que se chama “sistema de ressonância”. A corda da guitarra e a do piano estão em ressonância uma com a outra. Se alguns relógios do tipo de pêndulo forem colocados numa parede com os seus pêndulos oscilando de forma desencontrada, em questão de dias, os seus pêndulos acabarão por se sintonizar e chegarão a uma fase em que vão oscilar ao mesmo tempo. Neste caso, a energia transferida através da parede comum, é suficiente para permitir que os relógios entrem em sintonia um com o outro.

Este é um fenómeno de arrastamento, um fenómeno que permite que dois sistemas semelhantes, se ajustem para alinhar os seus movimentos e energia, para que coincidam no ritmo e na fase. Este fenómeno também acontece na área da electrónica. Quando se têm circuitos oscilantes sintonizados da mesma forma, vibrando em frequências semelhantes, a mais lenta do circuito irá aumentar para coincidir com a velocidade da mais rápida. Em ambos os exemplos, podemos ver como a energia é transferida de um sistema que está sintonizado da mesma forma, para outro. O que é que podemos aprender com tudo isto? Primeiro, quando dois sistemas estão oscilantes em diferentes frequências, há uma força impulsionadora chamada de ressonância que faz com que os dois façam a transferência de energia de um para o outro.

Quando dois sistemas vibram da mesma forma sintonizada em diferentes frequências, há outro aspecto desta transferência de energia chamado arrastamento, que faz com que eles se alinhem e vibrem na mesma frequência. Arrastamento é o processo pelo qual as coisas alinham os seus movimentos e as suas energias, juntamente com a correspondência em ritmo e fase. Isto parece funcionar com os sistemas biológicos também.

Itzhak Bentov, talvez estivesse absolutamente certo, quando em 1977, no seu fascinante livro “Stalking the Wild Pendulum”…

Ele afirma: “Podemos olhar para a doença, como um comportamento que está fora da sintonia de um ou outro dos nossos órgãos do corpo. Quando uma forte harmonização de ritmo é aplicada, o padrão de interferência de ondas, que é o órgão, pode começar a bater novamente em sintonia.” Ele afirma que essa teoria pode explicar a razão pela qual a energia cura realmente. Eu concordo. Quando duas coisas estão a vibrar em diferentes frequências, por meio de ressonância e arrastamento, ou vibração mais baixa irá para cima ou a vibração mais elevada virá para baixo, ou vão-se encontrar no meio.

No seu livro, “Mãos de Amor são Mãos que Curam”, (“Healing Hands”) Bruce Berger escreve:

“Uma simpática ressonância descreve a tendência de duas formas de onda com o mesmo grau de arco para as fazerem vibrar simpaticamente juntas, com a energização, e fazê-las comunicarem universalmente umas com as outras.”

“Assim, as formas de ondas do mesmo comprimento e frequência irão arrastar-se umas às outras e vão-se influenciar mutuamente em toda a criação. Esta é a chave para a compreensão de uma dinâmica que abrange a criação no seu conjunto e para a compreensão da nossa teoria do corpo, como a energia do som sagrado.”

Um mestre espiritual chamado Lazaris disse:

“A definição de um grande curador é a de alguém, que estava muito doente, curou-se e de repente, ficou bem.”

Quem afirma ser capaz de curar os outros ou está equivocado ou é ignorante, arrogante, ou então está a delirar.

Os que participam na cura, tudo o que eles fazem é fornecer energia ressonante para permitir que os outros se curem a si próprios.

O terapeuta simplesmente mantém uma vibração energética tremendamente forte, e o cliente (aquele que se cura) entra em correspondência para atingir a harmonização. A inteligência inata do corpo da pessoa que recebe a energia, vai fazer aquilo que o corpo considere útil, para fazer com que a cura aconteça. O corpo cura-se a um nível de inteligência insondável. A civilização ocidental, muitas vezes não tem em consideração a capacidade de cura do corpo inata como algo normal, mas é precisamente o corpo o verdadeiro curador. Se olharmos para as células do nosso corpo, podemos ver que temos centenas de biliões de células que estão constantemente a alimentarem-se de oxigénio e a absorver os nutrientes dos alimentos que comemos, e estão também constantemente a libertar o dióxido de carbono e outros resíduos materiais. Essas células também estão ocupadas em produzir a Auto Cura, com milhares de alterações microscópicas que acontecem em cada minuto de cada dia! É uma sorte não ter que acompanhar conscientemente toda essa actividade, já que bem me basta o tempo que preciso para me lembrar onde deixei as minhas chaves.

Os Curadores serão os médicos da Ressonância