Blog

Os cordões do Amor

O amor cria cordões fortes que se tornam ainda mais fortes quando o sexo está envolvido. Parte da sua energia Kundalini (que se encontra na base da coluna e é por vezes referida como a serpente adormecida; e que, uma vez desperta, permite alcançar um nível espiritual mais elevado ou mesmo a iluminação) fica no cordão que se entrelaça com o cordão da outra pessoa.

O sexo sem amor raramente inclui esta energia, e é por isso que as pessoas se sentem “vazias” após o sexo sem sentido.

Qualquer pessoa que já tenha experienciado uma relação amorosa forte, repleta de amor e sensualidade, saberá do que estou a falar.

As pessoas viciadas em sexo anseiam por esta energia, sem saberem necessariamente que é isso que lhes falta; procuram cada vez mais sexo, como se a própria busca de algum modo as nutrisse. Infelizmente, porém, buscam a energia nos lugares errados.

Muitos procuram sexo com estranhos ou têm experiências cada vez mais perversas, quando o que buscam verdadeiramente só pode ser encontrado através da energia Kundalini, que surge quando o sexo é acompanhado pelo amor.

Por vezes, a poderosa energia Kundalini, flui principalmente num sentido, e quando a relação acaba, o receptor pode ter muita dificuldade em avançar. Como os seus sentimentos eram tão fortes, têm dificuldade em acreditar que a outra pessoa não sente o mesmo.

Quando isso acontece, os cordões continuam presos a ambos os parceiros; essa energia especial permanece lá, embora possa estar a fluir apenas num sentido.

Anne Jirsch 

Interruptor mágico para mudar o humor…Magic switch to change the mood.

Se você pudesse sentir-se feliz agora,
O que é que você faria com isso?
O que você mudaria em si?
Que mudanças você iria fazer na sua vida, hoje, agora mesmo?

-Pensando nisso …
Você lembra-se daquele dia… há um tempo atrás …
Onde você se sentiu muito bem? Talvez feliz? Talvez muito bem disposto?

– A imaginação faz milagres, quer ver?

– Imagine que você tem um interruptor na sua mão, para mudar o seu humor …
Quando você o liga, você sente-se feliz …
quando você o desliga, você sente-se triste …

Experimente agora:
Imagine, que neste momento, você tem esse interruptor na sua mão…
Sinta o interruptor na mão… Prepare-se e…
Pressione o botão e ligue….

Zás!!!

A mudança acontece automaticamente, espontaneamente.

É simples, não é?
Mas se não funcionou na primeira vez, feche os olhos e ligue de novo…
(Com os olhos fechados, imaginamos melhor).
Então … feche os olhos e tente novamente.

Funcionou, não foi?

Agora você pode tentar desligar o botão, mas ele não terá nenhum efeito.
Você pode tentar novamente, mas não vai funcionar. Tente em vão…ficar triste…

A explicação é:

Quando você está feliz, você muda as substâncias químicas do seu corpo.
E o sentimento positivo é sempre mais forte que o negativo.

If you could feel happy now,
What would you do with that?
What you would change?

-Thinking about that…
You remember that day, a while ago …
Where did you feel so good? Maybe happy?

-The imagination makes miracles, do you want to see?

– Imagine you have a switch in your hand, to changes your mood …
When you turn on, you feel happy… when you turn off, you feel sad …
Put in your hand, press the switch and “Change”.

Try it now:
Imagine, that right now, you have this switch in your hand …
Feel the switch in your hand … Get ready …
Press the button and turn on ….
Zás !!!
The change happens automatically, spontaneously.

It’s simple, is not it?
But if it did not work the first time, close your eyes and press the button again …
(With eyes closed, we imagine better).
So … close your eyes and try again.

It worked, isn’t?

Now you can try turning the button off but it will not have any effect.
You can try again but it will not work.

The explanation is:
When you are happy, you change the chemicals in your mind/body.
The Positive Feeling is always stronger than negative.

Deixe acontecer…Let it happen…

Para você que está ainda triste ou amargurado…

Você pode mudar esse estado, instantaneamente!

Faça isso, Agora! Crie algo melhor para você, agora mesmo…
Simplesmente imaginando isso a acontecer…

A Imaginação pode fazer acontecer tudo o que imaginamos …
E você nem precisa de acreditar, deixe apenas acontecer …

Simplesmente imagine … e depois …

Deixe acontecer …

—-

For you who are still sad or bitter …

You can change this state instantly.

Do it now! Create something better for you, right now …
Just imagining this happening …

Imagination can make happen everything that we imagine…
And you do not even need to believe it, just let it happen …

Just imagine … and then …

Let it happen …

Não faça tempestades num copo de água. Do not make storms in a glass of water

Não dê muita importância a coisas ou pessoas que não merecem tanta importância.
Não enfraqueça o seu equilíbrio emocional.

Em resumo …

“Não faça tempestades num copo de água”.

Beba a água tranquilamente e deixe ir embora essa emoção…

 

Do not give too much importance to things or people that do not deserve so much importance.
Do not weaken your emotional balance.

In short …

“Do not make storms in a glass of water”.

Drink the water quietly and let it go…

criar e mudar as emoções..create and change emotions ..

Exercício simples para criar e mudar as emoções..

O que é que poderia agora, trazer-lhe uma sensação de bem-estar?
(um acontecimento, uma palavra, um som, uma memória, uma prenda, um segredo, etc…)
Ou..
O que é que poderia acontecer agora, para o fazer sentir-se feliz?
Feche os olhos por favor e pense nisso, por um breve momento … antes de continuar a ler.

Eu tenho a certeza que em alguma coisa boa, você pensou!
Agora… guarde para si, essa emoção que sentiu.
Eu também sei… que por um momento…

Você ficou melhor!

Faça deste exercício, uma forma de mudar as suas emoções, E use-o quando lhe apetecer.
Como você vê… nós sabemos e podemos…

Criar e mudar as nossas emoções..

Simple exercise to create and change emotions ..

What could happen now to bring you a sense of well-being?
(an event, a word, a sound, a memory, a gift, a secret, etc …)
Or..
What could happen now, to make you feel happy?
Close your eyes, please, and think about it for a brief moment … before continuing to read.

I’m sure, in something good, you thought!
Now … keep to yourself, this emotion you felt.
I also know … that for a moment …

You got better!

Make this exercise a way to change your emotions, and use it whenever you whant.
As You see … we know and we can …

Create and change our emotions ..

 

In trance, I see the eyes of who see me …Em transe, vejo os olhos de quem me vê…

É num transe hipnótico quase profundo,

Que vejo os olhos de quem me vê,

E não sei se são os olhos dos outros ou os meus

Que hipnotizados ficaram e em transe me levaram.

Num transe em que os olhos se querem fechar por verem outros olhos

Ou se querem abrir para absorverem esses olhares hipnóticos

E recordá-los num transe consciente ao entrar no inconsciente

Para que os recorde nesse estado de relaxamento tão profundamente

E depois poder transportá-los, sem esquecer de me lembrar deles,

para o meu consciente tão ávido de um olhar hipnotizado

que me hipnotize e me acalme…

 

In trance, I see the eyes of who see me …

It is in an almost deep hypnotic trance,

That I see the eyes of who see me,

And I do not know if it’s the eyes of others or myne,

Hypnotized they stayed and in a trance took me.

In a trance in which the eyes want to close by seeing other eyes

Or if they want to open up to absorb those hypnotic eyes

And reminder them in a conscious trance when entering the unconscious,

So that I can remember them in this state of relaxation so deeply

And then being able transport them, not forgetting of remember them,

for my conscience so in need of a hypnotized look.

To hypnotize me and calm me down …

Make the problem a challenge… Transforme o problema num desafio…

Quando num momento qualquer, você sente … “um problema”,

Transforme aquilo a que você chama de problema, em um “Desafio”.

Assim, você pode aceitar o desafio e enfrentá-lo, tal como você sempre soube, de alguma forma, enfrentar todos os desafios:

Com “CORAGEM” e Determinação

Mesmo que por vezes, você nem soubesse onde e como encontrar essa coragem e essa determinação… mas de alguma maneira, você foi enfrentando e superando todas as adversidades que a vida costuma colocar na nossa frente.

Os problemas podem imobilizar-nos, congelar-nos, e por vezes não dependem apenas de nós ou até nem têm solução.

Mas os desafios? De alguma forma…

Você sempre conseguiu superar os Desafios!!!

Por isso, a maneira mais fácil de enfrentar as dificuldades e as contrariedades, é entendê-las e enfrentá-las como um qualquer desafio…

Tal como todas aquelas que você sempre conseguiu superar…

Com Coragem e Determinação!!!

 

When at any time, you feel … “a problem”,

Turn what you call a problem into a “Challenge.”

So you can accept the challenge and face it, just as you always knew, somehow, face all the challenges:

With “COURAGE” and Determination …

Even though sometimes you did not know where and how to find that courage and determination … but somehow, you faced and overcoming all the adversities that life usually puts in front of us.

Problems can immobilize us, freeze us, and sometimes they do not just depend on us or even have no solution.

But the challenges? Somehow…

You have always been able to overcome the Challenges !!!

Therefore, the easiest way to face the difficulties and the setbacks, is to understand them and face them as any challenge …

Like all the ones you always managed to overcome …

With Courage and Determination !!!

 

 

You are what you are! Tu és o que és!

Tu és o que és!

Até podes não gostar de ser quem és,

Mas podes ser sempre quem quiseres ser, a não ser,

Que não queiras ser outro, senão quem és.

Então, Tu serás sempre TU, como és,

Até que queiras ser mais ou melhor do que és!

 

You are what you are!

You may not even like being who you are,

But you can always be. whoever you want to be,

Unless, that you do not want to be anyone else

than who you are…

So… You will always be YOU, as you are,

Until you want to be more or better of what you are!

 

Do not hide from you… Não se esconda de você…

Do not hide from you because of others.

Go to the front of you,

Be You the way you are!!!

Your body is only part of you.

It’s not perfect? Don’t worry. The perfect doens’t exist.

So … do not worry if you are not perfect.

Nobody is!

 

Não se esconda de você por causa dos outros.

Vá para a frente de você.

Seja da maneira que você é !!!

O seu corpo é apenas parte de você.

Não é perfeito? Não se preocupe. O perfeito não existe.

Então … não se preocupe se você não é perfeito.

Ninguém é!

A sua verdadeira idade… Your true age…

A sua verdadeira idade…

É aquela que você sente que tem e não aquela que algo ou alguém lhe diz que você tem.

Sinta a idade que você sente que tem… intensifique essa sensação, e agora…assuma-a…
Porque é essa, a sua verdadeira idade.
A outra idade… não é mais que uma mera estatística.

Viva a sua vida e esqueça a sua idade. Viva mais feliz.

Your true age…

Is the one you feel you have and not the one that something or someone tells you, that you have.

Feel the age you feel you have, intensify that feeling, and now … take it.
Because this is your real age.

The other age … is no more than a mere statistic.

Live your life and forget about your age. Live happier.

Dance livre apenas você com você… Dance freely just you with you.

Dance freely just you with you.
Feel your muscles and your bones relaxing …
Your tensions can go away together with all your bad thoughts and sensations…
And that magic can happen in you, inside of all cells of your body.
So… let the magic happens.

You will feel free and loose while the body relaxes and rejuvenates
and the mind has fun without no one to criticize or judge.
Dance, play and have fun.
If you dance alone, in your dance only with you…
the Universe will be seduced to dance with you.


Dance livremente, apenas você com você.
Sinta os seus músculos e os seus ossos relaxando …
As suas tensões podem ir embora juntamente com todos os seus maus pensamentos e sensações …
E essa magia pode acontecer em você, dentro de todas as células do seu corpo.
Experimente … deixe a magia acontecer…

Você vai sentir-se livre e solta à medida que o corpo relaxa e rejuvenesce…
enquanto a mente se diverte, sem ninguém para a criticar ou julgar.
Isso… Dance, brinque e divirta-se… só você com você.
Se você dançar sozinho, numa dança apenas com você …
o Universo será seduzido a dançar com você.

E se de repente… And if suddenly…

Do you have negative thoughts and can not control them?
Let me ask you a question:

“If you could suddenly have a positive thought, what would it be?”

So… Think about it… NOW!

Você está com pensamentos negativos e não consegue controlá-los?
Deixe-me fazer-lhe uma pergunta:

“Se de repente, você pudesse ter um pensamento positivo, qual seria?”

Então … Pense nisso … AGORA!

Aprecie cada momento da sua vida. Enjoy every moment of your life

Sometimes, we do not give due value to the moments that life gives us, because we did not want to waste time to evaluate them. And life was passing and taking the moments that we did not appreciate.
Curiously, after the past moments, it is that we evaluate what we lose.
We need to be more attentive to realize the magic of life and time.
The same happens with happiness … it is also made of brief moments,
If we are not more attentive …

Às vezes, não damos o devido valor aos momentos que a vida nos dá, porque não quisemos perder tempo a avaliá-los. E a vida foi passando e levando os momentos que não apreciamos.
Curiosamente, depois dos momentos passados, é que avaliamos o que perdemos.
Precisamos estar mais atentos para perceber a magia da vida e do tempo.
O mesmo acontece com a felicidade … também é feita de breves momentos,
Se não estivermos mais atentos …

Lembre-se…

(Legenda da foto: “O que é que eu posso fazer para te fazer feliz? – “Eu gosto de abraços”!)

Lembre-se…

Você não consegue abraçar as suas memórias, mas você pode abraçar-se a si mesmo!

Você pode lembrar-se das suas memórias e ficar triste…

Mas se você se lembrar de como conseguiu sobreviver a tantas coisas,

você vai merecer o seu abraço e desta forma, sentir-se mais forte e acreditar mais em você mesmo.

Abrace-se com carinho. Você merece isso!!

Faça isso, mesmo que você esteja num lugar público.

Não se envergonhe, os outros nem sabem o que perdem.

A vida é feita de momentos…

A vida é feita de momentos…
Você pode usar este momento como quiser…
Se o momento for feliz, aproveite para ser feliz.
Se o momento não for feliz, aproveite e tente torná-lo…
Se não conseguir torná-lo feliz, Olhe para cima, para o céu…
Depois feche os olhos e imagine-o feliz…
Dizem que a imaginação faz milagres…

Dizem até que:

Tudo o que imaginamos, tem tendência a acontecer.

Confia na medida certa, nunca demais!

Confia na medida certa, nunca demais!

Quando tu confias em alguém, confias porque te pareceu confiável.

Mas quando tu confias, tu corres riscos se confiares demais.

Nunca ninguém deve confiar em alguém, demais. Se é demais, já está intrínseco que não devia ser tanto.

A confirmação é: TU confias em ti, demais?

Se confias demais, também é demasiado.

Sabes porquê? Porque és humano e os humanos erram e falham e isso também é um risco.

Quando tu falhas para ti próprio, só tu sofres…

Mas quando alguém falha para ti, continuas a ser, principalmente Tu, quem sofre.

Então, confia na medida que sentires certa (no máximo, no limite).

MAS NUNCA DEMAIS!!!

DAR A VOLTA POR CIMA

DAR A VOLTA POR CIMA

Para quem se sente em baixo, abatido e sem vontade.

Entendo perfeitamente o estado de desânimo em que se encontra. Não imagina, como entendo. Mas é preciso dar a volta por cima. É disso que se trata, sobretudo: “Dar a volta por cima”.
E a “volta por cima”, tal como as voltas para os outros lados que aconteceram e que acontecem, são no fundo, o resultado da forma de como nós digerimos as coisas (emoções, sentimentos, culpas, medos, raivas, angustias, etc…) É tudo um processo “digestivo” da nossa mente, consciente e inconsciente. Não a forma como resolvemos mas com o que ficamos depois de resolver. Ficamos bem ou a pensar (e a sofrer por isso), que devíamos ter resolvido de outra forma?!

Esse é o maior problema… Não resolvemos como queríamos ou gostaríamos, (ou não aconteceram tal como perspectivávamos) por força de circunstâncias diversas, as coisas como pensávamos que deveríamos ter resolvido. Então o que sobra, é que nos mastiga, tortura e desequilibra a nossa balança emocional e sentimental. Também mastiga os nossos egos, orgulhos, etc… e quando a balança se desequilibra, normalmente e até por força das nossas tristezas, amarguras e frustrações, tendemos a tapar as nossas próprias gargantas e a apertar os nossos narizes, impedindo-os de cumprir a missão de nos deixar respirar tranquilamente, tal como deveria ser, desde que nascemos.
Ficamos de “peito feito” para a luta, prontos a enfrentar as “feras” que a vida nos trouxer, contudo frágeis, pouco estruturados, porque não resolvemos “as coisas” dentro de nós, dentro do nosso ser total. E o que sobra é uma sensação de coisa mal resolvida onde despontam as desilusões, a sensação de fracasso, e uma pequena réstia de um orgulho embora ferido mas sobrevivente mas também em estado fragilizado. E aí, a vida resolve surpreender-nos com doenças e problemas que para além de serem inesperados, nos fazem sentir impotentes e desanimados, doentes e infelizes e esquecemos o fundamental:

“Dar a volta por cima” mas desta vez de forma estruturada e sabedora, de que a volta tem de ser dada por completo, senão não é uma volta de facto. De que essa volta, tem de nos atirar para cima também. E atirar para cima, é percebermos que temos uma vida para viver e que só poderá ser vivida com saúde, e essa, depende do controle das nossas emoções (afugentando as ansiedades e depressões) e do quanto queremos viver melhor.
O ponto do equilíbrio, o fiel da balança, está na nossa mente, na força da nossa imaginação. Como costumo dizer aos meus pacientes, numa situação de conflito entre a vontade e a imaginação, a imaginação sempre vencerá a vontade. Porque tudo o que imaginamos, tende a realizar-se.

Então… Chegou a hora de “imaginar” a vida que pode ter e que gostaria e merece.
Imaginando… Logo, tenderá inevitavelmente a acontecer.

O Enigma da Alma Gémea

(Vou contar-lhe outra metáfora).

“O Enigma da Alma Gémea”

Um discípulo e o seu guru estavam sentados à sombra de uma figueira e o mestre perguntou ao discípulo:

– O que o perturba, meu filho?

– Ainda bem que pergunta, mestre. Sinto que chegou o momento de eu partir a procura de minha alma gémea, aquela que há-de de ser a minha parceira perfeita, a mais linda mulher do Universo.

– Assim seja, meu filho, mas lembra-te:
“quando a tua busca terminar, volta aqui com ela”.

– Sem dúvida, mestre. Certamente que farei isso.

Muitos anos depois, o discípulo regressou aquele lugar, á sombra da figueira, sozinho e desanimado. Quando se encontraram, o mestre recebeu-o calorosamente e perguntou-lhe:

– Encontraste aquela que procuravas?

– Sim, querido mestre, encontrei. Encontrei aquela com quem sonhava. Era na verdade uma perfeição de sonho, era a mulher perfeita…

– Muito bem, filho, então onde está ela? Onde está essa mulher perfeita?

– Ah, mestre, que tristeza!
Ela também andava á procura do homem perfeito!!!

Metáfora – Como fazer para durar o amor

“COMO FAZER PARA DURAR O AMOR”

(Vou contar-lhe uma metáfora, que eu sei que nunca mais vai esquecer).
Uma mãe e a sua filha estavam a caminhar pela praia. Em certa altura, a menina perguntou:

– Oh! Mãe, como se faz para manter um amor?

A mãe olhou para a filha e respondeu:
– Pega num pouco de areia e fecha a mão com força…

A menina assim fez e reparou que quanto mais forte apertava a areia com a mão, com mais velocidade a areia se escapava.
– Mãe, mas assim a areia cai!!!

– Eu sei, agora abre completamente a mão…

A menina assim fez mas veio um vento forte e levou consigo a areia que restava na sua mão.
– Assim também não consigo mantê-la na minha mão!

A mãe, sempre a sorrir disse-lhe:
– Agora pega outra vez num pouco de areia e mantêm a mão semi-aberta, como se fosse uma colher, uma concha… bastante fechada para protegê-la e bastante aberta para lhe dar liberdade.
A menina experimenta e vê que a areia não se escapa da mão e está protegida do vento.
– “É ASSIM QUE SE FAZ DURAR UM AMOR”…

Sabia que temos dois cérebros?

 

Passo a explicar:

O Cérebro cortical – controla a cognição. A linguagem e o raciocínio.
O Cérebro límbico – controla as emoções e a fisiologia do corpo.

O Neo-Córtex, é a superfície plissada que dá ao cérebro a aparência que conhecemos. É o invólucro que envolve o cérebro emocional.

É por intermédio do córtex pré-frontal que o Neo-Córtex se encarrega da atenção, da concentração, da inibição dos impulsos e dos instintos, do ordenamento das relações sociais, e, do comportamento moral.

O Neo-Córtex (o cérebro cognitivo) comanda a atenção, concentração, reflexão, planificação, comportamento moral.

Quando os dois cérebros não se entendem:

Os dois cérebros, emocional e cognitivo, captam a informação proveniente do mundo exterior mais ou menos ao mesmo tempo. A partir daí, podem cooperar ou então disputar entre si o controlo do pensamento, das emoções e do comportamento.

É o resultado desta interacção – cooperação ou competição – que determina o que sentimos, a nossa relação com o mundo e a nossa relação com os outros. As diferentes formas de competição tornam-nos infelizes. Inversamente quando o cérebro emocional e o cérebro cognitivo se completam, um para dar uma direcção aquilo que queremos viver (o emocional), e o outro, para nos fazer avançar nessa via o mais inteligentemente possível (o cognitivo), sentimos uma harmonia interior:

– Um “estou onde quero estar na vida” – que subentende todas as experiências duradouras do bem-estar.

Numa situação de sobrevivência ou de prazer (medo ou prazer), o cérebro emocional desencadeia imediatamente um alarme que anula em milésimos de segundo todas as operações do cérebro cognitivo e interrompe a actividade deste.

O Cérebro emocional detecta o perigo. Este cérebro é capaz de desligar o córtex pré-frontal (a parte mais avançada do cérebro cognitivo.

Sob o efeito de um grande stress, o córtex pré-frontal, deixa de responder e perde a capacidade de guiar o comportamento. Imediatamente, são os reflexos e as acções instintivas que vêm ao de cima. Perdemos então o controlo do fluxo dos nossos pensamentos e ficamos incapazes de agir em função do nosso melhor interesse a longo prazo.

Quando há um curto-circuito emocional, o cérebro límbico, assume subitamente o controlo de todas as funções do corpo: o coração bate a toda a velocidade, o estômago revolve-se, as pernas e as mãos tremem, a pessoa transpira por todos os poros. No mesmo momento, as funções cognitivas são enfraquecidas pela descarga de adrenalina:

Por mais que o cérebro cognitivo não entenda a razão de tal estado de alarme, enquanto ele se mantiver desligado pela adrenalina, será incapaz de organizar uma resposta coerente á situação. Fica-se com a sensação:

“É como se o cérebro estivesse vazio, não se consegue pensar”. Nesta situação, normalmente vem as palavras “vou morrer, chamem uma ambulância, já”.

Agora que já sabe como funcionam os dois cérebros, que tal começar a usar o mais adequado à situação…

Referências bibliográficas: “David Servan-Schreiber”

O poder do seu abraço.

Você precisa de um abraço, mas acha que não tem ninguém para abraçar? Você tem, sim!
Olhe para o espelho e abrace a pessoa mais importante do planeta, VOCÊ !!!

– Se você cuidar de si mesmo e perceber que você deve ser a pessoa mais importante para si, você estará numa posição mais confortável para cuidar daqueles que são importantes para si!

A luz e as nossas emoções

As nossas mentes muitas vezes podem ser influenciadas pelo nosso meio ambiente, de muitas maneiras, sem que possamos percebê-lo.

Um novo e fascinante estudo, concluiu que sentimos as nossas emoções de forma mais intensa quando estamos em salas com iluminação forte em vez de iluminação fraca.

Este efeito funciona independentemente da emoção que você estiver a sentir naquele momento.

Por exemplo, se você está feliz, então acender as luzes ampliará esses sentimentos de felicidade. Mas se você está triste, então, acender as luzes também irá ampliar esses sentimentos de tristeza.

Isso também poderia explicar outro estudo recente, no qual concluíram que as pessoas deprimidas são muito mais propensas a cometerem suicídio em dias ensolarados do que em dias chuvosos. Porque para pessoas deprimidas, longos dias de luz solar podem realmente aumentar os seus sentimentos de tristeza e depressão.

Então, por que é que isso acontece? Os pesquisadores teorizaram que:

“A luz brilhante geralmente se correlaciona com o calor e o calor está ligado à intensidade emocional. Esta experiência psicológica de calor gira no sistema emocional quente, intensificando as reacções emocionais de uma pessoa a qualquer estímulo. Assim, com uma luz forte, o estado positivo intensifica-se  mas o mesmo acontece com o estado negativo que também se intensifica “.

A boa notícia é que talvez possamos usar essa informação para criar um pequeno click de “auto-ajuda”:

Na próxima vez que você se sentir em estado negativo sobre alguma coisa, tente reduzir a intensidade da luz.

Talvez nesse momento, você esteja a sentir-se realmente abatido(a) por algum acontecimento desagradável, ou triste por algo de negativo que lhe aconteceu, ou frustrado(a) por ter cometido algum erro recente…

Nesse caso, apague as luzes ou entre numa sala menos iluminada até que os seus sentimentos diminuam.

Isso, irá criar uma atmosfera relaxante para “arrefecer” o seu sistema emocional negativo quando você se sente sobrecarregado.

Não deixe que o Futuro seja uma sequência do Passado…

Deixe de ser uma consequência de quem você era.

Quebre essa sequência do passado que pretende ser o seu futuro.

Você pode, agora…

Lembrar-se de esquecer quem você era,

Daquele que você foi…

E você pode agora, também…

Transformar-se apenas em quem você é…

Assim, ficará mais perto…

Daquele… que você poderá ser…

Quando você… quiser ser..

No espelho… podes olhar para dentro de ti

No espelho… quando olhares para os teus olhos

e focares o teu olhar no teu olhar e penetrares dentro dos teus olhos,

embalando-te em ti, embrulhando-te no doce som do silêncio…

onde tu estás apenas tu contigo… tu vais deixando-te ir para dentro de ti.

E quando tu fores para dentro de ti,

e perceberes que bem lá no fundo de ti, estás tu,

completamente aberta só para ti, disponível apenas para ti…

tu poderás perceber também,

que tu podes juntar-te a essa tua parte tão escondida de ti, reservada,

que tem esperado… apenas por ti…

E nesse processo de fusão entre ti e tu,

acontecerá algo que te surpreenderá:

– Finalmente, irás perceber quem és tu… completamente!

E nesse encontro de ti contigo, tu serás: Tu mais Tu,

e, aprenderás a conhecer o potencial de seres quem és,

assim que te aperceberes desse poder que não te apercebias:

– O poder de poderes ser quem quiseres ser,

de mudares tudo o que quiseres mudar, tranquila e facilmente,

espontâneamente… assim… tão simples.

Então, Agora… vai lá… para bem dentro de ti

e diverte-te contigo.

Oh! Como tu vais gostar tanto de ti!!!

Caminhe para ficar saudável!!!

Caminhe para ficar saudável…

Você não precisa fazer esforços para ficar mais saudável.

Caminhar é o melhor exercício, por inúmeras razões.

É o exercício mais eficaz para combater o stress, a ansiedade e até mesmo para perder peso. Basta caminhar lentamente por 20 a 30 minutos após as refeições.

De acordo com os últimos estudos da Neuro-Ciência, o nosso corpo e a nossa mente, precisam de pelo menos 21 dias para mudar ou criar um novo hábito ou comportamento.

Então … faça isso! desfrute de uma boa caminhada enquanto você muda o que você precisa mudar, andando lentamente e naturalmente de maneira mais saudável, após as refeições.
E enquanto você faz a sua caminhada, você pode aproveitar para admirar coisas que a natureza tem para lhe oferecer e que você talvez nunca se tenha apercebido ou apreciado ao mesmo tempo que você percebe como o seu corpo adquire um novo hábito mais saudável.

Numa caminhada lenta… enquanto a sua mente relaxa e dissolve os pensamentos desagradáveis, o seu metabolismo regula de forma saudável e fortalece todos os seus músculos, tendões e ossos de uma forma relaxante e saborosa através dos seus novos hábitos mais coerentes e mais saudáveis.

Por cada passo lento que você dá, também melhora a sua respiração. E quando se respira bem, o oxigénio é distribuído harmoniosamente por todos os órgãos do seu corpo e a saúde retorna porque a doença não prolifera num corpo saudável.

Boas caminhadas.

A respiração certa acalma a ansiedade!

A respiração certa, acalma a ansiedade e até a Depressão.

INSPIRAR E EXPIRAR CORRECTAMENTE, É O ANTÍDOTO CONTRA O STRESS.

  • Sente a sua cabeça a latejar?
  • Tem imensas preocupações?
  • Está a ter crises no trabalho e ou em casa?
  • Sofreu uma separação de alguém querido?
  • Etc….

– A Solução mais rápida e mais confortável?

“Não faça nada”!!!

Sim! entendeu bem!

Fique quieto e apenas respire. Vai perceber que não está respirar bem e começará a respirar melhor. De forma coerente e calma.

É este o remédio contra a maioria dos desconfortos emocionais.

“Aprendendo a controlar a respiração, acabamos com quase todas as perturbações da mente e dos sentidos”.

“Aprendendo a controlar a respiração, acabamos com quase todas as perturbações da mente e dos sentidos”.

“A nossa energia, vem sobretudo, da respiração… Se o cérebro não recebe a quantidade certa de oxigénio, não temos a energia vital suficiente para nos desenvolver e mudar”.

Como prevenir ataques cardíacos.

“Usar Coenzima QO-10 em doenças cardíacas é como regar uma planta. A resposta é quase imediata”.

Dr. Lair Ribeiro.

As pessoas que têm insuficiência cardíaca ou outros problemas cardíacos, como arritmias, palpitações, etc…
Devem prevenir ataques cardíacos e prevenção de morte súbita com:

“Coenzima QO10″ + Magnésio Dimalato (ou Cloreto de Magnésio)”.

Faça um Check-UP á sua saúde emocional!

FAÇA UM CHECK-UP Á SUA SAÚDE EMOCIONAL.

Como anda a sua vida emocional?
Como está o seu emprego?
Como está o seu relacionamento?
Como está a sua vida social?
Tem-se dedicado mais ao trabalho ou à família?
O que o impede de ser feliz?

“A importância de cuidar da Saúde Emocional”

As pessoas fazem exames anualmente com médicos para verificar a saúde física.

A cada seis meses é necessário ir ao dentista para verificar a saúde bucal.

As academias estão cheias de pessoas que querem ser saudáveis e cuidar do corpo,

Mas e a saúde emocional, como fazemos para verificar ou melhorar?

Experimente um “HIPNOTERAPEUTA CLÍNICO” da sua confiança.

Deixe o seu Verdadeiro EU surgir!

Não tenha medo de mostrar quem você é verdadeiramente.
Não receie os seus defeitos e também não os dissimule com virtudes irreais.
Dispa-se dos medos e enfrente o mundo da maneira que você é.

Não esqueça… você é único! Você é especial!
Ninguém nunca, conseguirá ser como você é.
Você não é perfeito? Não se preocupe… ninguém é!

Já pensou no valor que é ser único?
Você já pensou como é bom ser diferente?
– Eleve-se! Orgulhe-se de si! Comemore a sua diferença.

“Deixe o seu verdadeiro EU surgir!!!”

(Autor da foto desconhecido).

ESTIMULE O SEU CÉREBRO!!!

ESTIMULE O SEU CÉREBRO!!!

Se mudar apenas alguns gestos que habitualmente faz com a mão direita (agarrar numa chávena, tocar uma campainha, apertar um parafuso, escrever, etc…) se os fizer com a mão esquerda de vez em quando, essa mudança irá estimular os circuitos cerebrais que estão habitualmente adormecidos e mobilizará uma nova energia para optimizar o seu auto-controlo.

Ao mesmo tempo que exercita o cérebro,

Você pode divertir-se aprendendo a ter um maior controlo motor do seu corpo.