Não é perder peso para ter saúde, é ser saudável para perder peso

“Você não perde peso para ficar saudável, você torna-se saudável para perder peso! “.

– Lair Ribeiro (Médico, cardiologista e nutricionista)

Não é a perder peso que você vai ficar saudável. Se você se tornar saudável, a perda de peso acontecerá naturalmente e espontaneamente.

Se você cuidar da sua microbiota intestinal, naturalmente você perderá peso.

O importante não é perder peso para ter saúde, o importante é manter-se saudável para perder peso. E isso é exactamente o oposto do que as pessoas normalmente fazem.

A perda de peso pelas razões certas, ou seja, para melhorar a sua saúde, é fácil. Tentar perder peso sem antes, remover as toxinas acumuladas, vai contra os princípios da sobrevivência do corpo e, portanto, será difícil de alcançar.

O corpo protege-se apenas contra a morte ácida, mantendo as toxinas num estado neutralizado dentro das células adiposas e dos fluidos corporais. É por isso que quando você resolve fazer dieta ou decide entrar num plano de redução de peso, cujo objectivo seja apenas ajudá-lo a livrar-se do excesso de peso, normalmente não funciona. Apenas algumas pessoas conseguem alcançar esse objectivo mas a esmagadora maioria, readquire passado um tempo, o peso que tinha perdido com tanto esforço e por vezes até mais do que o peso que perdeu.

Acredite que… Se o peso for o seu único critério, é um pouco como colocar-se dentro de um molde que não foi feito sob medida, para você.

Todas as dietas (sejam quais forem) normalmente funcionam, só que apenas por um tempo. Se uma pessoa tiver um problema na tireóide, resistência insulínica ou uma inflamação, dificilmente perderá peso, mesmo com dietas ou com hipnose ou outra terapia qualquer. Primeiro terá de falar com o seu médico e pedir-lhe exames tanto à tireóide como á resistência insulínica. Se tudo estiver bem, você naturalmente irá perder peso. Se algo não estiver bem, consulte um médico ou um nutricionista que esteja identificado com a nova medicina/nutrição, após a descodificação do genoma humano. Assim que resolver qualquer distúrbio a esse nível, garantidamente que você vai ficar mais saudável e emagrecer de acordo com o seu desejo. Pode inclusivamente, optar pela hipnoterapia clínica que irá promover resultados ainda mais rápidos para a sua saudável perda de peso.

Você pode aprender a controlar a sua temperatura corporal.

Você pode aprender a controlar a sua temperatura corporal.

O seu corpo está constantemente em processo de aquecimento e arrefecimento. A média (rapidez) com que o seu corpo arrefece, determina o quanto você estará confortável. A maior parte do calor do corpo sai pelo topo ou coroa da cabeça.

Você pode agora aprender a controlar a quantidade de calor que sai pela sua cabeça.

(SE ESTIVER A SENTIR DEMASIADO FRIO) Relaxe… concentre-se usando a sua imaginação e visualize (com os olhos abertos ou fechados, como for mais fácil para si, imaginar) uma cobertura, acima do topo da sua cabeça e que reflecte o calor de volta ao seu corpo.

Se você se sentir com frio, permita que esta pirâmide devolva o calor ao seu corpo…
Deixe que esse calor guardado e preservado regresse ao seu corpo agora.

Você pode relaxar e permanecer quente. Muitas pessoas que você conhece, conseguem controlar o calor corporal por um longo tempo.

Agora você pode conseguir isso também. Basta que se visualize a aproveitar o clima frio com conforto.

Repare que agora… o sistema de aquecimento do seu corpo… já começou a funcionar de forma mais eficiente.

Agora Sim! Agora você pode aproveitar e sentir e manter a temperatura confortável ideal.(SE ESTIVER A SENTIR DEMASIADO CALOR) Relaxe, concentre-se usando a sua imaginação e visualize (com os olhos abertos ou fechados como for mais fácil para si, imaginar) e visualize o calor a sair pelo topo da sua cabeça muito rapidamente, não permitindo que qualquer excesso de calor permaneça no seu corpo.

Se você estiver a sentir que está a ficar muito quente, a qualquer momento… permita que o seu calor corporal se desloque da mesma forma, para a cobertura que você visualizou.

O sistema de arrefecimento do seu corpo, agora vai começar a funcionar de forma mais eficiente.

Agora Sim! Agora você pode aproveitar e sentir e manter a temperatura confortável ideal.

A Língua é a abertura para o Coração

A Língua é a abertura para o Coração.

Os sentimentos de Raiva; Amor, Simpatia e Ira, vivem dentro do coração mas qualquer desses sentimentos, são estimulados pela língua. Como exemplo:

– Quando usamos a língua ao dar um beijo, a paixão invade o coração.

– Quando pronunciamos a palavra “Amor”…

… Se alguém banalizar a palavra amor, estará a removê-la do coração e ela irá tornar-se apenas num eco prisioneiro da sua boca, e, ficará armazenada algures entre a língua e os dentes, num ambiente ácido e completamente desligado do sentimento original.

A boca é uma porta de entrada para a energia, para as emoções e para os sentimentos.

A língua para além da função física de ajudar na digestão, ela é o veículo de transporte directo ao coração. E é lá, dentro do coração, que os sentimentos residem mas também é de lá, de dentro do coração que os sentimentos se impulsionam em direcção à língua e esta, descodifica por palavras, a informação que recebeu lá do fundo, para transmitir para o exterior.

Se o sentimento contido na informação que vem lá de dentro, for doce, agradável e tranquilo, ele sairá como uma onda de energia infinita e abraçará tudo à sua volta contagiando quem estiver por perto. Mas se o sentimento for amargo, azedo e desagradável, ele sai carregado de energia negativa e com um poder incalculável de destruição.

Mas falando um pouco mais da língua, da boca e dos dentes…

Uma das preocupações que devemos ter, é estimular a boca, os dentes e as gengivas para os manter saudáveis e fortes. Nós utilizamos permanentemente a boca para falar, comer e beijar. Mas para manter este região de boa saúde, tal como: prevenir a cárie dentária e a gengivite, eu vou deixar-lhe aqui um exercício que aprendi com um mestre Taoísta.

Exercício da língua e da saliva.

Os Taoístas, têm a saliva como algo sagrado. Dão-lhe o nome de “Água Celeste” e atribuem-lhe propriedades curativas naturais.

A Saliva contribui para anular os micróbios da boca e pode até, em alguns casos, servir de medicamento. A saliva pode ser utilizada para tratar infecções, por exemplo. Se você acidentalmente, fizer um corte, e não tiver por perto primeiros socorros, coloque um pouco de saliva sobre a ferida, Esta terá um efeito desinfectante e destruirá os micróbios e patogénicos.

Está actualmente demonstrado que a saliva estimula a síntese de uma hormona que previne a cárie dentária. Além disso, os dentes e a saliva têm uma função muito importante na digestão, contribuindo para desfazer os alimentos antes de chegarem ao estômago. Assim, quando mastigamos bem e a saliva envolve as partículas alimentares, o aparelho digestivo absorve melhor os elementos nutritivos. (Podemos tirar partido desta propriedade mastigando os alimentos até se tornarem líquidos). Considerando a importância da saliva, convém proteger as glândulas que a produzem.

Para manter o coração de boa saúde e assegurar o bom funcionamento das glândulas salivares até uma idade avançada, os Taoístas conceberam os “exercícios da língua e da saliva”. A tradução literal deste exercício, é a seguinte:

“O Dragão vermelho é a língua e o oceano é a saliva”

Esta frase descreve bem como o exercício limpa a boca e os dentes ao mesmo tempo que estimula também o coração. O exercício pode ser praticado, ao acordar ou após as refeições, para combater o mau hálito, ou em qualquer outro momento que você achar que pode ser útil para si.

Exercício

1 – Percorra a boca com a língua, sobre as gengivas e os dentes. Utilize a língua como se fosse uma escova de dentes.

2 – Enquanto faz passar a língua pela boca, as glândulas salivares segregam saliva. Não a engula – deixe-a primeiro acumular-se na boca.

3 – Utilize esta saliva como um elixir. Lave todo o interior da boca, incluindo as gengivas e os dentes.

4 – Divida a saliva em três partes, que deverá engolir lentamente uma a uma até que a boca fique vazia. Ao engolir, sinta a saliva a descer para o estômago.

Perceberá imediatamente a energia que a “Água Celeste” fornece ao estômago.

“Sabia que a saliva contém uma substância mais forte que a morfina?”

– Pois é verdade!

Aproveite o poder de Cura do seu Corpo!

Realiza o sonho da tua vida!

Não permitas que nada nem ninguém te faça sentir infeliz.

Não dês esse poder a nada nem a ninguém!

A felicidade é feita de momentos…

Então… Tu podes ir construindo passo a passo e no teu tempo,  pequenos momentos de felicidade.

Quando os somares, verás que o sentimento de felicidade tornou-se maior do que o outro sentimento que tinhas antes.

Tu tens todo o direito a ser feliz, seja lá o que for, que isso signifique para ti…

As tuas vontades e as tuas esperanças estão na tua imaginação.

Imagina-te a realizar, a ter, a concretizar, a conseguir e a sentir…

E tudo acontecerá da forma que tu idealizares e imaginares, porque bem sabes que a imaginação é mais forte do que a vontade, o desejo e o querer.

E que tudo o que imaginamos tende a acontecer.

Por isso, como te disse, imagina muito e bem.

Deixa o mundo rolar como ele quiser… deixa as pessoas serem como elas quiserem.

Conta, sobretudo contigo. Confia mais em ti e no poder da tua imaginação.

Tu tens o poder total sobre ti.  Só tu podes fazer a tua vida. Então podes fazer melhor por ti…

Tu és a pessoa mais importante da tua vida. Se ainda não és, precisas de te tornar.

Se fores importante para ti, tu lutarás mais por ti e ficarás numa posição mais sólida e mais confortável para poderes cuidar daqueles que são importantes para ti.

Desejo-te muitos sonhos, acordado e a dormir, que a tua imaginação flua livre, positiva  e solta e que percebas o que tens de fazer para tornar realidade os sonhos e tudo o que visualizaste.

Quando saíres do sonho e se ouvires uma voz dentro de ti, a dizer: “tu não consegues” …Ela está a mentir. É um “ruído” da mente com medo até do próprio medo.

Não tenhas medo, o medo é uma simples fantasia… É o medo injustificado que nos trava de sermos aquilo que podemos ser…

Não lhe dês importância… Ele não existe!

Tu mereces ser feliz, então vai lá ser feliz como tu mereces.

Começa agora mesmo, a usar a imaginação e a conquistar a tua felicidade.

Se for de noite…  Relaxa o quanto conseguires e leva o sonho contigo.

Faz do sono um laboratório… a tua oficina de construção de sonhos…

E deixa que a outra parte da tua mente…

Construa o sonho da tua vida.

Os cordões do Amor

O amor cria cordões fortes que se tornam ainda mais fortes quando o sexo está envolvido. Parte da sua energia Kundalini (que se encontra na base da coluna e é por vezes referida como a serpente adormecida; e que, uma vez desperta, permite alcançar um nível espiritual mais elevado ou mesmo a iluminação) fica no cordão que se entrelaça com o cordão da outra pessoa.

O sexo sem amor raramente inclui esta energia, e é por isso que as pessoas se sentem “vazias” após o sexo sem sentido.

Qualquer pessoa que já tenha experienciado uma relação amorosa forte, repleta de amor e sensualidade, saberá do que estou a falar.

As pessoas viciadas em sexo anseiam por esta energia, sem saberem necessariamente que é isso que lhes falta; procuram cada vez mais sexo, como se a própria busca de algum modo as nutrisse. Infelizmente, porém, buscam a energia nos lugares errados.

Muitos procuram sexo com estranhos ou têm experiências cada vez mais perversas, quando o que buscam verdadeiramente só pode ser encontrado através da energia Kundalini, que surge quando o sexo é acompanhado pelo amor.

Por vezes, a poderosa energia Kundalini, flui principalmente num sentido, e quando a relação acaba, o receptor pode ter muita dificuldade em avançar. Como os seus sentimentos eram tão fortes, têm dificuldade em acreditar que a outra pessoa não sente o mesmo.

Quando isso acontece, os cordões continuam presos a ambos os parceiros; essa energia especial permanece lá, embora possa estar a fluir apenas num sentido.

Anne Jirsch 

Interruptor mágico para mudar o humor…Magic switch to change the mood.

Se você pudesse sentir-se feliz agora,
O que é que você faria com isso?
O que você mudaria em si?
Que mudanças você iria fazer na sua vida, hoje, agora mesmo?

-Pensando nisso …
Você lembra-se daquele dia… há um tempo atrás …
Onde você se sentiu muito bem? Talvez feliz? Talvez muito bem disposto?

– A imaginação faz milagres, quer ver?

– Imagine que você tem um interruptor na sua mão, para mudar o seu humor …
Quando você o liga, você sente-se feliz …
quando você o desliga, você sente-se triste …

Experimente agora:
Imagine, que neste momento, você tem esse interruptor na sua mão…
Sinta o interruptor na mão… Prepare-se e…
Pressione o botão e ligue….

Zás!!!

A mudança acontece automaticamente, espontaneamente.

É simples, não é?
Mas se não funcionou na primeira vez, feche os olhos e ligue de novo…
(Com os olhos fechados, imaginamos melhor).
Então … feche os olhos e tente novamente.

Funcionou, não foi?

Agora você pode tentar desligar o botão, mas ele não terá nenhum efeito.
Você pode tentar novamente, mas não vai funcionar. Tente em vão…ficar triste…

A explicação é:

Quando você está feliz, você muda as substâncias químicas do seu corpo.
E o sentimento positivo é sempre mais forte que o negativo.

If you could feel happy now,
What would you do with that?
What you would change?

-Thinking about that…
You remember that day, a while ago …
Where did you feel so good? Maybe happy?

-The imagination makes miracles, do you want to see?

– Imagine you have a switch in your hand, to changes your mood …
When you turn on, you feel happy… when you turn off, you feel sad …
Put in your hand, press the switch and “Change”.

Try it now:
Imagine, that right now, you have this switch in your hand …
Feel the switch in your hand … Get ready …
Press the button and turn on ….
Zás !!!
The change happens automatically, spontaneously.

It’s simple, is not it?
But if it did not work the first time, close your eyes and press the button again …
(With eyes closed, we imagine better).
So … close your eyes and try again.

It worked, isn’t?

Now you can try turning the button off but it will not have any effect.
You can try again but it will not work.

The explanation is:
When you are happy, you change the chemicals in your mind/body.
The Positive Feeling is always stronger than negative.

Não é respiração profunda , é respiração lenta

Respiração Lenta, Firme e Fácil

A importância dos exercícios da respiração terapêutica.

No momento em que prestamos atenção à nossa respiração, a nossa respiração muda e, quando estamos emocionalmente perturbados, podemos ver a rapidez com que a respiração consciente pode trazer-nos de volta à tranquilidade emocional.

Menos é mais!

Estudos científicos, provam que:

Quanto mais respiramos, menos oxigénio é fornecido para os órgãos vitais do corpo!!!

Isto soa-lhe a algo virado de cabeça para baixo? – Mas é verdade!

A respiração ideal corresponde à respiração abdominal muito lenta, leve e fácil (também chamada de respiração diafragmática ou abdominal), algo que precisa ser reaprendido (ou aprendido) se tivermos grandes esperanças de superar distúrbios crónicos e até vencer o próprio cancro. É de facto, difícil recuperar-se de qualquer coisa quando estamos a respirar de forma errada! A respiração diafragmática permite respirar normalmente á medida que maximiza a quantidade de oxigénio que entra na corrente sanguínea.

A respiração profunda é apenas uma outra forma de dizer “respiração abdominal” em oposição à respiração superficial do peito. A respiração profunda deve ser muito lenta para que se acumule mais CO2 no sangue. Respiração profunda significa respirar menos ar, não mais. Se você respirar menos e acumular CO2, o nome correto é “respiração reduzida”.

Você tem o poder de abrir a porta para uma melhor saúde e compreensão do seu corpo!

A respiração correta é realmente fácil de aprender e pode tornar-se automática com a prática.

Quando respiramos menos, influenciamos directamente o sistema nervoso simpático (involuntário) que regula a pressão arterial, a frequência cardíaca, a circulação, a digestão e muitas outras funções do corpo. A respiração lenta é conveniente, não tem os possíveis efeitos colaterais dos medicamentos e é de fácil execução. Pode ser difícil acreditar que algo tão fácil e acessível possa ter tantos benefícios mas é um facto inegável.

Respirar é viver, e, a respiração lenta produz o melhor processo para que possamos nos sentir mais vivos, vibrantes e mais saudáveis ​​se trouxermos a nossa atenção para a respiração e treinarmos a maneira como respiramos. Quando respiramos perfeitamente, podemos viver com mais perfeição e com mais saúde, porque a nossa respiração é a fonte mais importante de energia.

Tal como os antigos filósofos orientais sabiam:

No ar, há “um oceano de energia” pronto para ser explorado directamente.

O treino respiratório é uma maneira muito eficaz de restaurar a saúde do corpo em qualquer idade. Desde os tempos antigos, sabe-se o quanto pode ser obtido através dos exercícios de respiração. As civilizações antigas, indianas e chinesas, desenvolveram centenas de técnicas.

“O segredo é desacelerar a respiração” – “Diminuir a quantidade de respirações”  

Pessoas saudáveis ​​respiram pouco (a norma é 6 L / min); pessoas doentes respiram mais rápido, acumulando mais ar (cerca de 12-15 L / min); os gravemente doentes respiram ainda mais rápido até quase não restar nenhum oxigénio no corpo, e isso é normalmente fatal.

“ Livros médicos, sugerem que a taxa respiratória normal para adultos é de apenas 12 respirações por minuto em repouso. Livros antigos costumam fornecer valores ainda menores (por exemplo, 8 a 10 respirações por minuto). A maioria dos adultos modernos, respira muito mais rápido (cerca de 15 a 20 respirações por minuto) do que a frequência respiratória normal. As taxas respiratórias nos doentes são geralmente mais elevadas, geralmente cerca de 20 respirações/min ou mais ”. – escreve Rakhimov.

Quando estamos procurando recuperar-nos da doença, especialmente do cancro, não podemos dar-nos ao luxo de ignorar a questão central da respiração.

A maioria dos médicos não tem sequer ideia de que as pessoas podem percorrer um longo caminho para resolver os seus problemas de saúde, re-treinando a sua respiração, porque estão presas ao paradigma farmacêutico que rejeita o mundo natural. Infelizmente, poucas pessoas entendem a importância da “respiração natural”. Esse é o tipo de respiração espontânea de todo o corpo e que se pode observar nos bebés e nas crianças pequenas.

Mantak Chia escreveu:

“Por milhares de anos, os mestres Taoistas ensinaram a respiração natural. Somos capazes de melhorar o funcionamento e a eficiência do nosso coração, pulmões e outros órgãos e sistemas internos. Somos capazes de ajudar a equilibrar as nossas emoções. Somos capazes de transformar o nosso stress e a negatividade na energia que podemos usar para a Auto-cura e Auto-desenvolvimento. E nós somos mais capazes de extrair e absorver a energia que precisamos para o crescimento espiritual e independência ”.

Respirar correctamente é importante para viver mais e ajuda-nos a manter as emoções positivas, bem como nos ajuda a manter o nosso desempenho no seu melhor, na nossa actividade quotidiana.

Todos nós respiramos, o dia todo, todos os dias, então podemos fazê-lo de forma certa. Como a respiração é a primeira e a última actividade física que empreendemos na vida, devemos dar-lhe a consideração e a importância que ela merece, no nosso objectivo de mais saúde e relaxamento. Podemos viver muito tempo sem comida e alguns dias sem beber, mas a vida sem respiração é medida em minutos. Infelizmente, parece que, a menos que se participe ou ensine yoga, a respiração continua a não receber a atenção que merece.

Assim que prestamos atenção à nossa respiração, ela muda imediatamente, e esse é o ponto principal. A reeducação da respiração, implica trazer a nossa consciência para a nossa respiração e tratar com respeito algo que é tão importante para a manutenção da nossa vida.

Os nossos maus hábitos respiratórios surgiram não apenas por causa da nossa “ignorância” psicossomática, da nossa falta de consciência orgânica, mas também da nossa necessidade inconsciente de um mecanismo amortecedor para impedir-nos de sentir e sentir a realidade dos nossos próprios medos profundamente enraizados.

Não há absolutamente nenhuma dúvida de que a respiração superficial garante uma experiência superficial de nós mesmos e das nossas vidas e dos nossos relacionamentos com os outros.

A Academia Americana de Cardiologia diz:

“O stress pode causar falta de ar ou piorar a situação. Quando você começa a sentir falta de ar, é comum ficar nervoso ou ansioso. Isso pode tornar a sua falta de ar ainda pior. Estar ansioso, aperta os músculos que ajudam a respirar, e isso faz você começar a respirar mais rápido. Conforme você fica mais ansioso, os seus músculos respiratórios ficam cansados. Isso causa ainda mais falta de ar e mais ansiedade. Nesta situação, você pode até entrar em pânico.

“Aprender a evitar ou controlar o stress, pode ajudá-lo a evitar este ciclo. Você pode aprender dicas para o ajudar a relaxar e aprender  técnicas de respiração para obter mais ar para os seus pulmões.”Academia Americana de Cardiologia

Se pudéssemos respirar “naturalmente” mesmo numa pequena percentagem das mais de 15.000 respirações que fazemos durante cada dia acordado, estaríamos a dar um grande passo não apenas para evitar muitos dos problemas físicos e psicológicos que se tornaram endémicos na vida moderna, mas também para apoiar o nosso próprio crescimento interior – o crescimento da consciência de quem e do que realmente somos, do nosso próprio ser essencial.

Há um profundo efeito na saúde das pessoas quando elas começam a perder alguns desses milhares de respirações. Se 15.000 é normal, como seria a vida se reduzíssemos isso para 10.000 respirações por dia ou menos?

  1. A respiração desintoxica e liberta toxinas.
    2. A respiração liberta a tensão.
    3. A respiração relaxa a mente/corpo e traz clareza.
    4. A respiração alivia problemas emocionais.
    5. A respiração alivia a dor.
    6. Respirar massaja os nossos órgãos.
    7. A respiração fortalece os músculos.
    8. A respiração fortalece o sistema imunológico.
    9. A respiração melhora a postura.
    10. A respiração melhora a qualidade do sangue.
    11. A respiração aumenta a digestão e assimilação dos alimentos.
    12. A respiração melhora o sistema nervoso.
    13. A respiração fortalece os pulmões.
    14. A respiração correcta. torna o coração mais forte.
    15. A respiração adequada, auxilia no controle do peso.
    16. A respiração aumenta os níveis de energia e melhora a resistência.
    17. A respiração melhora a regeneração celular.
    18. A respiração aumenta o humor.

Enquanto a ciência ocidental e a medicina se concentram na respiração como uma função corporal essencial para a sobrevivência, as ciências da saúde orientais abordam-na como o alimento para o corpo e o espírito. Os chineses acreditam que a respiração consciente, ou “respiração”, tem inúmeros benefícios, incluindo melhor foco e eficiência, maior positividade e maior energia física e mental. ”

Não esqueça… A fórmula, é:

Respiração Lenta.

Referências bibliográficas: (Visite este excelente website de saúde) Dr. Mark Sircus.

Deixe acontecer…Let it happen…

Para você que está ainda triste ou amargurado…

Você pode mudar esse estado, instantaneamente!

Faça isso, Agora! Crie algo melhor para você, agora mesmo…
Simplesmente imaginando isso a acontecer…

A Imaginação pode fazer acontecer tudo o que imaginamos …
E você nem precisa de acreditar, deixe apenas acontecer …

Simplesmente imagine … e depois …

Deixe acontecer …

—-

For you who are still sad or bitter …

You can change this state instantly.

Do it now! Create something better for you, right now …
Just imagining this happening …

Imagination can make happen everything that we imagine…
And you do not even need to believe it, just let it happen …

Just imagine … and then …

Let it happen …

Respirar para perder peso

“Respirar para perder peso”

Alivie o stress, oxide a gordura, construa uma melhor capacidade pulmonar e durma melhor.

O poder da respiração certa!

Você sabia que:

Diminuindo a quantidade de respirações, aumenta o oxigénio e ajusta o metabolismo para um nível significativamente melhor de forma a queimar mais gordura, ajudando assim a perder peso e a mantê-lo?

Com hábitos de respiração inadequados, não temos o componente mais vital para a nossa saúde:

 “O Oxigénio”.

O oxigénio é vital para o nosso bem-estar e a maioria das pessoas, (excepto os praticantes de Yoga altamente treinados) não usam a capacidade de respirar adequadamente. A falta de oxigénio vital para os pulmões e para as células do corpo, leva à diminuição da capacidade do corpo de realizar todo o seu potencial.

A queima de gorduras depende da capacidade do corpo de metabolizar adequadamente. Sem níveis adequados de oxigénio entrando nas células, o metabolismo fica reduzido, e por isso, não funciona nos níveis que permitirão ao corpo “queimar gordura” adequadamente.

Pesquisas científicas mostraram que, ao aumentar os níveis de oxigénio do corpo, a capacidade de oxidar e queimar gordura é incrivelmente melhorada. Com uma respiração superficial e não treinada, será difícil fornecer oxigénio suficiente ao corpo.

Esta prática simples e eficaz, eleva os níveis de oxigénio nas células, melhora o metabolismo, aumenta os níveis de energia, reduz os níveis de ansiedade e do stress, aumenta o desejo sexual e ajuda a melhorar os padrões do sono.

Saia á rua, a qualquer lugar, aprecie  o que a natureza está a oferecer-lhe, perceba o que talvez ainda não tenha percebido, relaxe e pratique a respiração lenta, perca peso, sinta-se menos stressado, mais energizado e mantenha uma maior sensação de bem-estar!

Dica suplementar: Usar a postura correta com as costas rectas e praticar a respiração abdominal, ajuda a garantir ainda melhores resultados.

Não faça tempestades num copo de água. Do not make storms in a glass of water

Não dê muita importância a coisas ou pessoas que não merecem tanta importância.
Não enfraqueça o seu equilíbrio emocional.

Em resumo …

“Não faça tempestades num copo de água”.

Beba a água tranquilamente e deixe ir embora essa emoção…

 

Do not give too much importance to things or people that do not deserve so much importance.
Do not weaken your emotional balance.

In short …

“Do not make storms in a glass of water”.

Drink the water quietly and let it go…

Left and right brain conflict

Olhe para o quadro acima e tente dizer as cores, não as palavras:

Explicação: Este processo provoca um ligeiro conflito no cérebro.

Enquanto o lado direito do seu cérebro tenta dizer a cor, o lado esquerdo insiste em ler a palavra!

Divirta-se!

Look at the picture above and try saying the colors, not the words:

Explanation: This process causes a slight conflict in the brain.

While the right side of your brain tries to tell the color, the left side insists on reading the word!

Have a good time!

criar e mudar as emoções..create and change emotions ..

Exercício simples para criar e mudar as emoções..

O que é que poderia agora, trazer-lhe uma sensação de bem-estar?
(um acontecimento, uma palavra, um som, uma memória, uma prenda, um segredo, etc…)
Ou..
O que é que poderia acontecer agora, para o fazer sentir-se feliz?
Feche os olhos por favor e pense nisso, por um breve momento … antes de continuar a ler.

Eu tenho a certeza que em alguma coisa boa, você pensou!
Agora… guarde para si, essa emoção que sentiu.
Eu também sei… que por um momento…

Você ficou melhor!

Faça deste exercício, uma forma de mudar as suas emoções, E use-o quando lhe apetecer.
Como você vê… nós sabemos e podemos…

Criar e mudar as nossas emoções..

Simple exercise to create and change emotions ..

What could happen now to bring you a sense of well-being?
(an event, a word, a sound, a memory, a gift, a secret, etc …)
Or..
What could happen now, to make you feel happy?
Close your eyes, please, and think about it for a brief moment … before continuing to read.

I’m sure, in something good, you thought!
Now … keep to yourself, this emotion you felt.
I also know … that for a moment …

You got better!

Make this exercise a way to change your emotions, and use it whenever you whant.
As You see … we know and we can …

Create and change our emotions ..

 

Uma nova forma de pensar sobre a saúde

Respostas do Sistema de Cura vs Sintomas da doença
Uma nova forma de pensar sobre a saúde

Quando o nosso sistema de cura é inicialmente activado, podemos confundir as mudanças que acontecem no nosso corpo, que são respostas normais de cura, com sintomas de uma doença em particular. Na verdade, esse é o erro comum que a maioria das pessoas comete, incluindo médicos e outros profissionais da medicina em geral. Mais uma vez, até muito recentemente, a nossa cultura tem sido orientada para a doença na sua abordagem para compreender a saúde e a cura, e assim permanecemos ignorantes do sistema de cura e de como os nossos corpos se esforçam continuamente, para corrigir desequilíbrios e manter-nos saudáveis.

Quando as coisas começam a mudar nos nossos corpos, assumimos automaticamente que estamos doentes e que algo está terrivelmente errado. Se os nossos corpos começarem a reflectir o desequilíbrio e a funcionar anormalmente, se houver algum desconforto ou dor, a nossa primeira suposição que é a mais provável, é que seja a de que estamos a ficar doentes ou que temos uma alergia. Isso é porque estamos a tentar explicar os nossos sintomas.

Esta é uma interpretação natural e normal do que está acontecendo com os nossos corpos. Em vez de saltar para a conclusão de que algo está errado com o seu corpo, primeiro tente entender como o seu sistema de cura pode estar a responder apropriadamente para corrigir um desequilíbrio que aconteceu.

Deixe-me explicar-lhe melhor:

Considere os Espirros, por exemplo. Geralmente pensamos em espirros como um sintoma de resfriado comum, princípio de gripe ou de alguma alergia. Na realidade, espirrar é uma resposta normal do sistema de cura para expelir os detritos estranhos, remover irritantes, remover patógenos potenciais, livrar o corpo da doença e ajudar o corpo a manter a sua integridade. O espirro também é um mecanismo de protecção que ajuda a prevenir o avanço adicional de invasores estranhos indesejados nas estruturas mais profundas e mais delicadas do sistema respiratório, como os nossos pulmões e seios, e é outra maneira comum dos nossos sistemas de cura salvaguardarem a nossa saúde.

Além de espirrar, a maioria das pessoas, incluindo os médicos, confunde muitas outras reacções curativas comuns com sintomas de uma doença. Essas respostas incluem o seguinte:

Tosse. Também considerado um sintoma de uma doença ou condição respiratória, a tosse é uma resposta definitiva do seu sistema de cura para expelir detritos indesejados e invadir microorganismos que penetraram mais profundamente no sistema respiratório e estão ameaçando causar danos aos seus pulmões. Nos meios médicos, uma boa tosse é conhecida como tosse produtiva, na medida em que expele catarro, muco, microrganismos e detritos infecciosos com sucesso, o que efectivamente ajuda as vias aéreas e facilita a respiração. Tossir pode ser poderoso; a velocidade com que estrangeiras partículas e detritos que saem dos pulmões com uma tosse, chegam a atingir mais de mil quilómetros por hora.

Diarreia. Geralmente considerado um sintoma de uma doença intestinal, a diarreia é uma resposta curativa que seu corpo usa. É o corpo a eliminar toxinas e material contaminado do seu cólon e intestino grosso. A diarreia é rápida e eficiente, e ajuda a eliminar o que é irritante ou afecta o seu trato intestinal. Várias doenças ou problemas intestinais potencialmente graves podem ser eliminados dessa maneira. Suprimir a diarreia por meio de medicamentos artificiais pode ser perigoso, e muitas vezes acontece o contrário. Quando você obstrui os processos naturais de eliminação do seu corpo através da supressão da diarreia, microorganismos nocivos não têm para onde ir além do seu corpo, onde podem invadir seu fígado ou corrente sanguínea e causar doenças mais sérias. Claro que há momentos em que muita perda de líquidos e electrólitos por diarreia pode exigir intervenção médica. No entanto, ao ver a diarreia como uma resposta do seu sistema de cura e buscando formas de cooperar com esse sistema, você pode fazer ajustes simples e naturais para restaurar o equilíbrio e a saúde do seu corpo.

Isso pode incluir beber mais líquidos, evitar alimentos e substâncias irritantes e controlar o stress, que pode ser prejudicial para o intestino e respectivo sistema digestivo.

Desmaio. O desmaio acontece quando uma pessoa perde temporariamente a consciência e cai. As causas do desmaio podem variar de graves a benignas, mas a perda de consciência é geralmente devido à falta de fluxo sanguíneo na cabeça e no cérebro. Caindo enquanto desmaia representa uma resposta compensatória do sistema de cura do seu corpo. Quando o corpo cai e fica deitado no chão numa posição horizontal, o fluxo sanguíneo e o oxigênio para o cérebro aumentam, o que muitas vezes pode restaurar a consciência. A maioria dos casos de desmaios é totalmente benigna, especialmente se não existirem doenças ou condições subjacentes graves. No entanto, há ocasiões em que a doença subjacente grave está presente, e você precisa ser levado ao hospital e tratado. No entanto, o tratamento correcto é lidar com as causas subjacentes que precipitaram o desmaio, não apenas com o desmaio em si.

A febre. Normalmente é associada a uma infecção, a febre é a forma de aquecer o seu corpo para anular organismos agressores, a maioria dos quais é extremamente sensível à temperatura e não tolera calor excessivo. Além disso, a febre induz sudorese, que ajuda o corpo a eliminar toxinas mais rapidamente.

Aprender a lidar com a febre através da reidratação contínua (beber muita água), em vez de suprimir uma febre com medicamentos artificiais, apoiará o seu sistema de cura e resultará numa resposta de cura mais rápida e completa.

Mesmo às vezes quando a supressão médica de uma febre seja necessária, a ingestão de líquidos deve ser encorajada. Com qualquer febre, é prudente procurar as causas subjacentes da febre e tratá-las, não apenas suprimir a febre. Isso funciona com o sistema de cura para ajudar a restaurar a saúde e o equilíbrio do corpo.

A Náusea A náusea acontece no intestino delgado e no estômago, e é uma resposta específica do sistema de cura que protege o seu corpo de mais alimentos que entram nele. Quando você se sentir enjoado, você perdeu o apetite por comida. O seu sistema de cura faz isso quando o seu corpo precisa limitar a ingestão de alimentos sólidos.

A náusea acontece normalmente quando você tem febre alta e precisa de muitos líquidos, ou quando você tem um vírus no estômago ou uma úlcera, e alimentos sólidos piorariam essas condições. A náusea também ajuda a conservar energia e liberta o fluxo sanguíneo do sistema digestivo.

Assim, poderá ser reencaminhado para outras áreas do corpo que têm uma maior necessidade imediata de energia de cura.

O Pus. O sistema de cura do seu corpo, funciona em sincronia com o seu sistema imunológico, produz pus, uma substância desagradável, com mau cheiro e amarelada, para ajudar a eliminar materiais estranhos, grandes e pequenos.
O pus acontece geralmente com a infecção. No caso de uma ferida ou um corpo estranho na pele, o seu sistema de cura formará uma bolsa de pus para isolar a ferida, separando-a do resto do corpo. O seu sistema de cura tentará digerir e dissolver a ferida ou o objecto estranho; se isso for difícil, ele tentará empurrar a ferida para fora da pele. Além de fluidos secretados para expulsar microorganismos e detritos estranhos, o pus contém glóbulos brancos e enzimas digestivas que quebram e digerem o material estranho. No caso de uma infecção bacteriana em qualquer parte do corpo, o pus produzido tentará liquidar e digerir as bactérias enquanto liberta a infecção.

Corrimento nasal e congestão nasal. Geralmente considerados sintomas do resfriado comum ou alergias, um nariz pingando e congestão nasal, são na verdade, respostas específicas do sistema de cura do seu corpo.

O aumento das secreções, muco, catarro e congestão são a maneira do seu sistema de cura tentar expulsar quaisquer organismos agressores ou partículas estranhas que possam ter invadido a entrada do sistema respiratório. Embora a tentativa de suprimir essas respostas curativas com descongestionantes nasais e outras drogas dêem alívio temporário, muitas vezes o resultado é um tiro pela culatra, pode prolongar uma doença e até piorar as coisas. Porque os agentes farmacêuticos tendem a secar as secreções para eliminar os sintomas, eles funcionam contra os processos naturais do sistema de cura do seu corpo para eliminar substâncias nocivas.

  • Inchaço e vermelhidão. Os primeiros sinais visíveis no local de qualquer lesão, trauma ou infecção no corpo, inchaço e vermelhidão também são respostas específicas do seu sistema de cura. Se causada por uma contusão, uma pancada, uma entorse, uma fratura ou uma infecção, o inchaço é o resultado do aumento de fluidos do sistema linfático, vasos sanguíneos com vazamentos e outros tecidos moles. O fluido ajuda a imobilizar o local e serve como amortecedor para evitar mais danos à área. Vermelhidão, conhecida como inflamação, é frequentemente acompanhada de dor e representa aumento do fluxo sanguíneo para a área. A inflamação é uma resposta complexa do seu sistema de cura, a colaborar com o sistema imunológico, para trazer células importantes e produtos químicos poderosos para a área lesionada, ajudando a remover toxinas, reparar tecidos danificados e acelerar a cicatrização.
  • Irritação nos olhos. Irritação é uma resposta de cura específica semelhante ao que acontece num nariz a pingar. A irritação ajuda a libertar material estranho ou microorganismos das delicadas e sensíveis superfícies dos olhos. Às vezes, quando a infecção ou irritação é extrema, os olhos permanecerão fechados porque as lágrimas e secreções secaram. Manter as pálpebras coladas fechadas é mais uma tentativa do sistema de cura de proteger os olhos de lesões ou danos adicionais.

O vómito. O vómito é um mecanismo de protecção que o seu sistema de cura usa para eliminar o material contaminado ou nocivo que de alguma forma entrou no seu estômago e intestino delgado.

O vómito é uma maneira rápida, eficiente e poderosa para o seu corpo se livrar de toxinas ou outras substâncias nocivas. Depois de ter comido alimentos contaminados, como na intoxicação alimentar, vómitos aparecerão para expulsar organismos infecciosos, assim como alimentos não desejados.

E as toxinas. As pessoas geralmente relatam sentirem-se muito melhor depois de terem vomitado nestes casos. Se você comeu demais, comeu alimentos que são muito ricos, ou bebeu muito café ou álcool, que actuam como irritantes intestinais e toxinas quando tomados em excesso, acontecerá o vómito para limpar e reduzir a carga sobre o sistema digestivo e corpo.

Embora inicialmente, você possa pensar que estas respostas estão associadas apenas aos sistemas individuais do corpo, como a tosse e o sistema respiratório, ou os vómitos e o sistema gastrointestinal, lembre-se de que é a presença do sistema de cura e o seu papel de supervisão sobre esses sistemas que na verdade produz essas respostas. Tenha em mente que o sistema de cura não é um sistema anatômico separado. É um sistema funcional, energético e inteligente que permeia todos os sistemas do seu corpo.

Ao ler o restante desta publicação, pense no seu corpo, nas suas sensações corporais e quaisquer mudanças que estejam acontecendo no seu corpo, como respostas bem medidas produzidas pelo sistema de cura do seu corpo.

Pense nelas como respostas que visam corrigir desequilíbrios e ajudá-lo a manter o seu estado natural de saúde, em vez de sintomas de doença. Mude a sua consciência para longe dos seus sintomas, o seu desconforto e os seus pensamentos de uma doença ou alergia, mesmo que estes sejam problemas reais para si. Em vez disso, confie que o seu sistema de cura está a fazer os ajustes fisiológicos necessários para corrigir os desequilíbrios e restaurar o seu corpo para o seu estado natural de saúde.

Eu percebo que essa perspectiva pode ser um desvio radical de como você actualmente vê seu corpo e a sua saúde; no entanto, aprender a fazer isso fará uma diferença significativa na sua saúde. Se você se pode concentrar menos nas doenças e mais na saúde, menos no que está errado com o seu corpo e mais no que está funcionando correctamente; se você puder transformar a sua atenção longe do medo de causas externas de doenças e agentes de doenças que estão além do seu controlo e, em vez disso, olhar com confiança para a arca do tesouro escondida, com recursos de cura que estão dentro do seu próprio corpo, você será capaz de colher os benefícios de uma saúde superior. Se você pode aprender a reconhecer as muitas maneiras que a seu sistema de cura responde aos desafios, a sua dependência de medicamentos e médicos será diminuída e a qualidade da sua vida será amplamente melhorada.

Benefícios de reconhecer as respostas do seu sistema de cura.
Você ganhará muito ao reconhecer as respostas do seu sistema de cura.

O seu sistema de cura:

– Capacita-o a descobrir e fazer uso do vasto suprimento de recursos de cura que estão no seu próprio corpo.

– Direcciona as suas energias e esforços dentro do seu próprio corpo e mantém-no afastado de culpar o seu desconforto ou doença por causas externas e forças além do seu controle, que podem ser debilitantes.

– Desloca o seu foco para longe do pensamento baseado no medo que pode ser prejudicial à sua saúde e ao seu bem-estar.

– Permite que você assuma uma maior responsabilidade pela sua vida, e ajuda-o a entender a conexão entre suas próprias acções e pensamentos, incluindo a sua dieta e estilo de vida, e a sua saúde.

– Diminui a sua dependência de médicos, medicamentos e agentes externos de tratamento.

– Melhora a sua confiança na capacidade do seu corpo para se manter saudável e curar-se.

– Ajuda no planeamento do tratamento e na cura de qualquer problema de saúde que você possa enfrentar.

Você pode ver que os benefícios de reconhecer o poder de seu notável sistema de cura e de trabalhar com ele terão um enorme impacto positivo na sua saúde e na sua vida.

Nota: À medida que for aprendendo esta nova maneira de pensar sobre o seu corpo, não negligencie a possibilidade de consultar o seu médico se algum desconforto ou dor física aumentar ou não desaparecer por conta própria. O seu médico pode ser uma ajuda valiosa e um suporte para o seu sistema de cura.

Referências bibliográficas …